segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Centenário das Assembléias de Deus do Brasil



"Desde 1910 Disseminando Bênçãos para o Brasil e o Mundo"

Uma mensagem a todos os membros de Centenário das Assembléias de Deus do Brasil

Tema: Abatidos, Mas Jamais Destruídos
Texto: 2 Corintios 4:8-9
“Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados, perseguidos, mas não desamparados, abatidos, mas não destruídos.” II Cor. 4: 8 – 9.
A vida da gente é repleta de emoções e fortes emoções. Vivemos momentos de grande intensidade e conflitos, momentos de contrastes, às vezes, perplexos, mas, às vezes com profunda naturalidade. Vivemos momentos de alegria, mas, também de tristeza. Momentos de riso, mas, também de choro. Momentos de conquistas e momentos de perdas. Momentos de cura e momentos de dor. Alto e baixo, forte e fraco, profundo e raso, grande e pequeno, intenso e suave, a vida nos envolve em emoções que nos faz nos sentir gente, bem humano, vivo - é a força da vida de Deus na vida da gente. Eu, Adão de Santana acho que a vida é um evento inexplicável!
Nos momentos em que somos assaltados na alma pelas tribulações, somos tentados a pensar que Deus se esqueceu da gente, que Ele nos abandonou, nos deixou a própria sorte e de que Ele não se importa conosco.
Mas o Senhor toma a boca do profeta para soltar o grito desesperado aos corações solitários para dizer-lhes: “Eu jamais esqueço dos meus filhos.” – “Sião diz: Já me desamparou o Senhor, e o Senhor se esqueceu de mim. Pode uma mulher esquecer-se do filho que cria, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse, Eu, todavia, não me esquecerei de ti.” - Isaias 49: 14 e 15. Aleluia!!!
Saiba disto: “Deus jamais esquece de você.” Deus jamais esquece se de mim. Deus jamais se esquece da gente. Deus não esquece do filho que ama - Você é filho de Deus. “Mas a todos quanto receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome.” Jo. 1: 12.
É assim que a Bíblia diz em I Corintios 10:13, Deus é fiel em Sua Palavra, Ele nos ajudará nos momentos mais difíceis, até a morte se preciso for, como disse o rei Davi: “Ainda que eu passasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque o Senhor está comigo, a tua vara e o teu cajado me consolam.” - Salmo 23. O que nós precisamos compreender é que na vida do crente, ele não tem que entender, ele só tem que aceitar, ele não tem que resistir, ele só tem que deixar. Deixe Deus te levar!
Pois não são os fortes, os talentosos, os que correm melhor que vencem, mas, os persistentes, aqueles que não desistem, aqueles que vão até o fim. Aqueles que tem atitude: vem o que vier, eles continuam. Haja o que houver, eles continuam. Aconteça o que tiver de acontecer, eles seguem em frente. Avançar para eles é uma questão de sobrevivência, parar está fora de cogitação, eles são persistentes, eles tem uma chama na alma: a perseverança.
A perseverança nos faz confiantes na promessa
Existem momentos em nossas vidas em que achamos que não vamos suportar as pressões que insistem em querer nos vencer, nos amedrontar, nos nocautear, então o que devo fazer? Creia que não há nada nesta vida que poderá nos tirar a visão do trono de Deus. Nada! Seja convicto disto: Nada! Nada mesmo!
Ainda que... Ouça isto: “Poderemos ficar abatidos, mas, jamais... Jamais destruídos.”

Fiquem com Deus, amados do Senhor!
Pastor Adão,

Campanha de oração 4 dia